25 de ago de 2015

Coisas Que O Tempo Não Pode Levar



Lembrei de você hoje. Lembrei de como costumava ser. Lembrei de como era acordar e você está na mesa. Lembrei de quando era pequena. Lembrei de quando você me ensinou a andar a cavalo. Lembrei de quando me machuquei na praia e você veio correndo ver se estava bem. Lembrei de quando o cachorro me mordeu e você me socorreu. Lembrei de quando você costumava me ligar. Lembrei de quando você me dava atenção. Lembrei de você me levando para escola. Lembrei de nós viajarmos para a casa da vovó. Lembrei da caminhadas até o parque. Lembrei de mil e uma coisa. Lembrei ... que você não mora mais aqui.

O tempo leva o que o coração não quer que fiquei , mas, será que estou sendo levada pelo tempo? Será que você não quer que eu fique? Já pensei muito sobre isso. Só queria voltar o tempo e aproveitar mais as coisas , enquanto você ainda morava aqui. Era pequena não tive culpa , nem sabia direito o estava me esperando , não sabia direito o que ia acontecer. Já se faz 13 anos que você e a mamãe se separaram, e eu estou aqui , sem saber até hoje o motivo. Mas quem sou eu para saber? Tudo bem vocês são sábios e mais velhos , me espelho em vocês , a quem eu devo a minha vida. Se vocês não disseram eu respeito , na verdade admiro por não deixar isso público , isso mostra muito de vocês , mostra muito de quem eu quero ser no futuro.

Nunca pensei que fosse fácil , mas pensei que seria melhor. Tudo bem , estou ótima , sou forte e sei lidar com isso , pelo menos acho que sei. Cresci e amadureci , na verdade estou amadurecendo , já está na hora de encarar os fatos. Já se passaram anos , e eu ainda lembro como se fosse hoje , da minha primeira queda , do meu primeiro pesadelo , do meu primeiro machucado , depois que você saiu de casa. Você não estava lá , mas a minha rainha fez tudo , me ajudou a levantar , me consolou e falou que era só um sonho , fez o curativo , fez o que um dia você fez. Não culpo nenhum dos dois na verdade não culpo ninguém , você cuidou de mim numa faze da minha vida , mas ela cuidou e ta cuidando a vida toda. Só queria que você tivesse sido mais presente. Mas tudo bem , sei os motivos para quando você não estava aqui.

Hoje lembrei de você . Cai e machuquei o joelho , mas olhei para o lado e ninguém estava lá , lembrei que você não mora mais aqui , lembrei que minha mãe e meu padastro estava trabalhando , meu irmão na escola , então lembrei que você e ela , me ensinaram a levantar de um tombo , ainda mais quando esse tombo deixa marcas. Vocês me ensinaram a ser forte. E de repente lembrei que eu cresci , que hoje eu me levanto sozinha e que hoje eu ajudo a vocês a se levantarem. Então eu vi que tudo o que vocês fizeram por mim eu tenho que fazer hoje por vocês ,Hoje lembrei que , o que vocês me ensinaram e aprendi sobre vida são coisas que o tempo não pode levar.




22 comentários:

  1. Que texto lindo Lu.
    Nossa me fez lembrar muito do meu pai, mas ao contrário de você eu já não tenho comigo.
    Suas palavras me tocaram bestante.
    ♥ Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila! Obrigada , realmente foi difícil escrever esse texto , apesar de meu pai estar vivo. Obrigada por tudo <3

      Excluir
  2. Não sei como é ter pais separados, mas só de imaginar já sinto um aperto no coração. Que bom que você achou uma forma de lidar com isso e ficar bem. Por mais que a gente sinta falta a gente acaba entendendo que algumas coisas tiveram que acontecer, né? O importante é que eles ensinaram e continuam ensinando muitas coisas pra você, e nada pode mudar isso. Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! Não é nada de outro mundo , no começo é difícil mas depois tudo se ajeita <3
      Beijo Tati !

      Excluir
  3. Oi Luanne... é verdade, muitas coisas o tempo não pode levar. E acabei lembrando do meu pai...com que convivi só até os 7 anos e depois ele foi morar nos EUA. Mas a vida é assim mesmo, uma pena que as coisas ainda não estão perfeitamente no eixo, mas o aprendizado e os ensinamentos ficam pra sempre mesmo.

    :**

    ResponderExcluir
  4. Lu, que texto gostoso de ler, menina.
    Meus pais não chegaram a ficar juntos. A visão paterna que sempre tive foi a do meu avô e dos meus tios. Comecei a ter contato com o meu pai quando eu já tinha 13 anos (e já estou prestes a fazer 16), Eu e ele sabemos muito bem que não podemos voltar no tempo pra que ele me ensine andar de bicicleta ou patins, ou que diga que após um beijinho meu joelho ralado parará de doer, mas sabemos que outras coisas agora ele pode me ensinar ou me mostrar. As minhas férias de julho passei na casa dele e sabe o que ele me ensinou? Jogar panqueca pra cima sem deixar cair no chão ou farelar toda. É algo bobo? É. Mas é um passo dado. Beijinhos, linda. ♥
    www.blogtodagarota.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isa! Na verdade não é algo bobo não! São essas pequenas coisas que torna tudo especial <3

      Excluir
  5. Separações sempre deixam marcas. Que bom ver que vc sabe lidar com as suas. E expressar tão bem!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  6. Meus pais se separaram quando eu tinha 15 anos e foi tenso viu.
    Hoje estou com 28 anos e até hoje não falo com meu pai. Sabe? Ele nunca me fez falta na verdade.

    Beijinhos, Helana ♥ ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  7. Que texto lindo, suas palavras são reconfortantes. Muito bom <3

    irianneveloso.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Luanne, tudo bem?
    E no fim são esses bons ensinamentos que ficam não é mesmo?! São as marcas que mostram tanto de nós e de quem ainda vamos ser... afinal não estamos acabados mas em constante construção! Lindo texto! Parabéns!!

    Grande beijo!!

    http://joandersonoliveira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! Obrigada.
      Que bom que gostou , Beijos!

      Excluir
  9. Eii Lu, primeira vez aqui!
    Muito lindo seu texto, mas me deixou bem triste. Me fez lembrar do meu pai que faleceu quando eu tinha oito anos. Faz muito tempo mas ainda é difícil pensar, porque ele sempre fez comigo tudo o que você disse no texto e hoje ele não esta mais aqui do meu lado para me acalentar, pelo menos não fisicamente. Mas eu aprendi a lidar com isso e que bom que você consegue lidar com a separação. A saudade sempre vai ficar mas cabe a nós moldá-la :)
    Beijoos

    Blog: Café Com Babis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Babi <3 Que bom que gostou e se identificou! fiquei muito feliz, e fico super agradecida <3

      Excluir
  10. Ai que lindo isso *-* eu já li tantos textos lindos, na verdade, leio sempre. É, é ótimo ter encontrado esse agora. Conforme li, me identifiquei com muitas partes, até porque já senti tudo. É tão bom encontrar conforto nas palavras, e isso realmente me toca ♥
    Beijinhos
    vorazesleitoras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Nossa, muito lindo, fiquei emocionada!! Como pedagoga fico imensamente feliz de ler um texto com tanto conteúdo feito por uma pessoa tão jovem! Não pare nunca de escrever Luanne!! Parabéns pelo texto, bjs!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito Obrigada Déa, eu que fico radiante em ler um comentário de uma pessoa com um nível intelectual superior a mim. Não vou parar de escrever não <3
      Beijos!

      Excluir

© A Garota dos Teus Olhos - 2014/2017. Todos os direitos reservados.
Criado por: Luanne Oliveira.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo