2 de mar de 2015

Baú de Lembranças


Às vezes fico me perguntando quantas vezes eu já escrevi de você. Na verdade me pergunto mesmo, é porque eu escrevo de você! Nem eu mesma sei, só sei que quando escrevo de você tudo muda, me sinto mais leve, me sinto de coração vazio, sinto como se eu estivesse só escrevendo de um garoto qualquer. Mas pode ser de um garoto qualquer, são tantos sentimentos dentro de mim, que, nem eu mesma sei de quem eu estou escrevendo.

Toda vez que escrevo parte do que aconteceu, sinto como se ele sumisse de dentro de mim, sinto como se aqui fosse um baú e eu estive guardando tudo, ou simplesmente fosse um jeito de jogar fora sem deletar definitivamente, porque as vezes a cabeça quer esquecer mas o coração quer guardar. Tá! Agora vai a lembrança que quero “deletar” da minha mente hoje.

 Sabe aquela vez que a gente fugiu da aula se escondemos naquela última sala vazia e você me beijou? Eu pude sentir naquele dia que realmente você foi o meu primeiro amor. Depois de algum tempo lá , ouvimos alguém vindo e corremos para baixo da mesa para nos esconder, você beijou minha testa , olhou no meus olhos e disse “Vai ficar tudo bem!” , alguém abriu a porta , e veio andando em nossa direção , eu gelei com medo de pegarem a gente ali naquela sala, você me olhou com uma cara de desespero , e , de repente alguém fala “Saiam daí, só sou eu” , era Ana umas das minhas amigas, suspiramos e começamos a rir , ela só veio nos avisar que nosso professor de Matemática estava me procurando, pedindo as minhas anotações. Ana voltou para aula e nos ainda ficamos lá, quando você me beijou de novo e disse que meu beijo era o melhor de todos, olhei para você sorrir e abaixei a cabeça, você sabia que eu tinha medo de me apaixonar, e também sabia que eu já estava apaixonada, você olhou para mim e disse que também estava apaixonado, eu sabia, eu sentir que você estava falando a verdade.

 Voltamos para a sala já tinha passado o intervalo, sentei com minhas amigas e você sentou onde sempre sentava, perto da porta. Acabou as aulas me despedir de você e fui para casa, pensei em você o resto do dia, aquele dia foi o mais perfeito de todos. Hoje fico me perguntando porque tudo aquilo acabou, porque não estamos juntos e porque quando eu te mandei embora você não tentou mais uma vez? Você me amava, porque você não lutou por nós? Sabe você sempre me disse que não me deixaria partir, mas você deixou, você nem se quer tentou. Bem eu não aguento mais guarda isso tudo para mim, lembranças, e perguntas que nunca acho respostas boas o suficiente para acalmar meu coração. Por isso hoje mais uma vez escrevo de você, escrevo para guardar aqui, nesse baú, tudo o que eu não quero ficar com migo , ou tudo que quero esquecer por um tempo...



8 comentários:

  1. Que texto lindo! :')
    ADOREI!!!
    Ah, já estou te seguindo!

    Beijos, Jac
    http://behind-thewords.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que texto lindo!
    Já estou seguindo aqui..

    ::Blog Gothic Owl::
    gothicowl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Vocês quando tiram para escrever quase matam a gente do coração hahaha, amei <3

    xoxo || Larý Space

    ResponderExcluir

  4. Adorei o texto parabéns pela inspiração para escrever!!
    Beijinhos e muito sucesso :*
    http://www.vamospapear.com/

    ResponderExcluir

© A Garota dos Teus Olhos - 2014/2017. Todos os direitos reservados.
Criado por: Luanne Oliveira.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo